Just Love

Ask me anythingSubmitNext pageArchive

cool-kidsare-dead:

ugh

Lovely bones.

"Olá. Já á muito tempo que não escrevo aqui ou em qualquer outro lado(sem contar claro com as lamechas descrições de fotos do instagram, que na minha opinião nem é mesmo "escrever") , mas o que interessa é mesmo o que vou realmente escrever aqui. Como todos sabem a vida na adolescência é tanto a melhor como a pior fase das nossas vidas e isso não é uma excepção para mim claro. Tem as suas partes boas, como tudo na vida, somos jovens e a vida parece ainda trazer muito para nós…mas posso já contar aqui que rara é a pessoa que durante a sua adolescência( e a vida toda) tem mais momentos felizes que tristes e é nesse mesmo contexto que se encontra a minha vida. Não falo apenas da minha misera vida amorosa como maior parte das pessoas, neste momento, deve estar divagando por esses lados, mas de tudo em geral, mas para despachar já essas vida(que nem existe) amorosa, acho que finalmente percebi que apesar de amar a mesma pessoa de sempre tenho de a deixar voar, acho que arranjou alguém novo e que remédio tenho eu que não aceitar, olhar desejando que ela fosse eu e continuar para a frente. A vida dentro de casa essa então nem tenho nada que falar, porque aliás, mal tenho tempo para sair dos livros e do meu quarto para ver a minha família e de qualquer das maneiras não é como se falássemos muito sobre mim ou sobre qualquer assunto em geral… A vida acadêmica é sem dúvida a pior delas todas, de um modo geral, quase todos os meus amigos já têm um plano A e caso esse não resulte, um plano B, enquanto eu nem sei o que vou comer amanhã, nem faço a minima ideia da roupa que vou querer comprar, quando mais decidir o meu futuro em 2 ou 3 exames, e devo confessar que ando a perder interesse por tudo, divago por tudo quanto é canto e pergunto-me a mim mesma porquê que não sou capaz de parar para pensar ou porquê que deixo o medo controlar toda a minha vida. Pessoalmente falando, acho que com tudo isto nem tenho tido um tempinho para mim, para gostar de mim ou sequer pensar no que ei de fazer comigo própria. Mas como sempre espero encontrar uma luz ao fundo do túnel que me vá guiar numa direção, mesmo que não seja a certa, só que me tire de onde estou.

-LovelyHeartsClub.”

kushandwizdom:

Words of Emotion

(Source: whitedevil-blackjesus, via umainsana)